Como emitir a carteira de motorista no Canadá?

Com um sistema de transporte público eficiente em suas grandes cidades, é possível viver no Canadá sem um carro particular sem maiores problemas. No entanto, é inegável que estar habilitado e apto a dirigir pode ser de grande ajuda em alguns momentos.
 

 

Se você está pensando em viver permanentemente ou estudar naquele país, preparamos esse post contando o que você precisa saber para tirar a sua carteira de motorista no Canadá.
 
Como tirar a carteira de motorista no Canadá? 
 
Antes de tudo é importante saber que a carteira de motorista canadense só pode ser conquistada por aqueles que possuem visto de residente permanente, contudo, ainda assim é possível que estrangeiros com outras modalidades de visto dirijam legalmente.
 
O governo canadense permite que estrangeiros dirijam com o documento de habilitação de seu país por até seis meses, o que facilita a vida de intercambistas de estadia curta, por exemplo. Para aqueles que pretendem estudar no país por um período mais prolongado, a solução é tirar a carteira de habilitação internacional.
 
Esse documento pode ser requerido aqui mesmo no Brasil, ou caso já esteja no Canadá junto ao Consulado, lembrando que ela terá a mesma data de validade de sua habilitação original.
Vale lembrar que no Canadá as carteiras são provinciais, o que quer dizer que caso você mude de província em sua estadia precisa tirar outra habilitação.
 
Se você já tem habilitação no Brasil o primeiro passo é legalizá-la no Consulado Brasileiro, o que exige uma documentação simples como cópia da CNH, passaporte, cópia da consulta de pontos junto ao Detran de seu estado e o pagamento de uma pequena taxa.
 
No Canadá as províncias costumam ter diferentes categorias de habilitação que determinam as liberdades e obrigações do motorista. Para entender melhor: a primeira categoria das carteiras canadenses costumam exigir que o novo motorista só possa dirigir se estiver acompanhado de alguém que possua a carteira por dois anos ou mais.
 
A boa notícia é que se você já possui a nossa CNH por mais de dois anos pode ir direto fazer o teste para conseguir alcançar as categorias superiores, com mais direitos e até mesmo liberdades para receber multas.
 
Não é obrigatório se inscrever em uma autoescola ou realizar determinados números de horas/aulas, sendo possível agendar diretamente o teste em algum dos pontos de serviços da cidade em que irá residir.
 
Mas atenção: caso opte por realizar diretamente a prova para a categoria “superior” e não venha a passar, terá que realizar a prova da categoria “inferior” para só depois tentar a superior novamente.
 
A dica é: antes de realizar qualquer prova, estude, mesmo que já dirija no Brasil há muitos anos, a legislação e cultura no trânsito variam a cada país, sendo que tirar habilitação para dirigir no Canadá não é difícil nem burocrático, basta se dedicar!
 
Continue nos acompanhando para saber mais!
 
Dicas ou sugestões? Envie um comentário!
 
Até a próxima!
 
Postado por Interapoio | www.interapoio.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *