trabalhar no Canadá

17 de outubro de 2016

Via Ponto de Chegada                       Calgary é uma cidade que tem cerca de 1.150.000 de habitantes. Localizada na província de Alberta, a cidade é conhecida mundialmente por a segunda melhor cidade do Canada para se viver segundo a revista Money Sense (2013). Calgary também está entre as primeiras no ranking mundial da The Telegraph. Apesar do inverno rigoroso que pode chegar a temperatura de -40, a cidade conta com uma boa estrutura para enfrentar o frio. Independente da estação Continue lendo

26 de setembro de 2016

Via Brasileira pelo MundoPor Priscila Carda Victoria é a capital da Província Colúmbia Britânica (Bristish Columbia), lado oeste canadense. É a segunda maior cidade da província, situada na parte sul da Ilha de Vancouver. É um dos principais destinos turísticos do Canadá, localizada cerca de 25 km de Vancouver e 170 km de Seattle, Estados Unidos. Como Victoria fica em uma ilha e não tem acesso por terra, há duas formas de se chegar à cidade: avião ou ferryboats, confortáveis barcos equipados com internet, espaço para trabalhar com mesas para Continue lendo

20 de setembro de 2016

Via Descubra o Mundo Trabalhar no Canadá é uma opção que tem atraído diversos brasileiros. E os motivos são muitos: o país oferece algumas facilidades de imigração, é muito desenvolvido e com alta qualidade de vida, bastante tolerante com imigrantes e, além de tudo isso, muito bonito e agradável de se viver. No entanto é importante entender algo: não é nada recomendável partir para o Canadá em busca de emprego sem um visto ou uma permissão para trabalhar lá. E é isso que vamos explicar Continue lendo

15 de setembro de 2016

Via Viagens e Vivências Ottawa é uma cidade pacata, muito tranquila, e não tem tantos atrativos quanto suas vizinhas. Como li antes, e confirmo a vocês aqui, a cidade trata-se apenas de um complemento da viagem ao Canadá, e não pode ser considerada como a cidade principal de sua viagem. Ou seja, é apenas uma cidade de passagem, que no máximo dois dias você consegue esgotar todos os atrativos. Hospedagem: Ficamos a 3 km do Parlamento, no Hotel Econo Lodge Downtown, e nós gostamos muito. A diária Continue lendo